Em Tóquio, presidente se reúne com primeiro-ministro, Shinzo Abe, e com grupo de empresários de grandes corporações japonesas.

Primeiro ministro Shinzo Abe se reuni com o presidente Jair Bolsonaro
Networking Social

Em Tóquio, presidente se reúne com primeiro-ministro Shinzo Abe, e com grupo de empresários de grandes corporações japonesas.

Nesta quarta-feira (23/10/19), o presidente da República, Jair Bolsonaro, reuniu-se em Tóquio com empresários de grandes corporações japonesas, conhecidos como Grupo de Notáveis Brasil-Japão, e representantes do governo brasileiro.

O embaixador do Brasil no Japão, Eduardo Sabóia, destacou o papel do grupo nas relações comerciais com o governo japonês. “O grupo de notáveis vem nos ajudando a mostrar para o governo japonês as vantagens de ter um acordo comercial com o Brasil. Também temos um diálogo muito importante na área de investimentos”, destacou. 

Encontro com empresários japoneses (“Wise-men Group”)

Bolsonaro se manifestou em suas redes sociais sobre o encontro. “No grandioso Japão, nos reunimos com empresários de grandes corporações como o chamado ‘Grupo de Notáveis’, entre outros importantes compromissos mostrando o novo Brasil: crescendo, gerando empregos e oportunidades com liberdade e segurança ao investidor!”

Encontro com empresários japoneses (“Wise-men Group”)

Encontro com empresários japoneses (“Wise-men Group”)

Participaram representantes das empresas Nippon Steel Corporation, Toyota Motor Corporation, IHI Corporation e Mitsui & Co., Ltd. “Eu acho que nessas conversas, certamente, o prato mais forte serão os temas comerciais, os temas de investimentos”, disse o embaixador Reinaldo José de Almeida Salgado, secretário de Negociações Bilaterais na Ásia, Pacífico e Rússia do Ministério das Relações Exteriores, antes do encontro.

Investimento no Brasil

Em setembro, a Toyota anunciou investimento de R$ 1 bilhão no Brasil, e o presidente Bolsonaro destacou a importância  da política do governo de incentivo aos biocombustíveis para a iniciativa da montadora. “A Toyota do Brasil investirá R$ 1 bilhão em sua planta de Sorocaba/SP, graças ao programa de valorização dos biocombustíveis do Governo Federal, o Renovabio. – Em São Paulo serão produzidos os veículos híbrido-flex (etanol/eletricidade).”

De acordo com o Ministério das Relações exteriores, o Japão é o sexto maior investidor direto no Brasil, com estoque de US$ 20,194 bilhões (fluxo de US$ 1,124 bilhão em 2018). Na última década, os investimentos japoneses privilegiaram os setores primário (mineração) e secundário (aço/metais, máquinas/equipamentos, transporte). 

Primeiro-ministro

A reunião faz parte da agenda do presidente no Japão, onde também se reuniu com o primeiro-ministro, Shinzo Abe. Após o encontro, o presidente disse que Abe manifestou apoio à entrada do Brasil na Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). “Ele falou que está favorável o Brasil entrar”, relatou Bolsonaro. “Um apoio de peso que nós temos”. 

Encontro com o primeiro-ministro do Japão

Em janeiro de 2019, o presidente Bolsonaro e o primeiro-ministro japonês mantiveram reunião bilateral no contexto do Fórum Econômico Mundial de Davos. Em junho, reuniram-se mais uma vez à margem da Cúpula do G20, em Osaka, Japão. Os temas prioritários da agenda bilateral, de acordo com o MRE, são cooperação em ciência, tecnologia e inovação, comércio e investimentos. 

Desde 2014, quando o primeiro-ministro Shinzo Abe visitou o Brasil, os dois países mantêm Parceria Estratégica e Global. O Brasil tem interesse em intensificar o fluxo bilateral de comércio e, para tanto, busca maior abertura do mercado japonês, principalmente para as carnes e frutas brasileiras. Aprofundar a cooperação em Ciência, Tecnologia e Inovação particularmente no que diz respeito à produção brasileira de nióbio e a pesquisas sobre o grafeno – é outro tema prioritário para a pauta bilateral. O Brasil também busca receber mais investimentos japoneses, sobretudo na área de infraestrutura, bem como eventualmente iniciar negociações de um acordo de livre-comércio Mercosul-Japão e manter a coordenação em temas globais. 

Príncipe Charles

No mesmo dia, o presidente Bolsonaro teve uma reunião bilateral com o príncipe Charles, da Inglaterra. “Muito educado e respeitador, conversamos sobre vários assuntos, entre eles, o desenvolvimento da nossa Amazônia”, registrou o presidente em suas redes sociais, com foto ao lado do herdeiro do trono britânico.

Reunião Bilateral com o Príncipe Charles 

Príncipe Charles e o Presidente do Brasil Jair Bolsonaro

No país asiático, o presidente também teve encontro com a comunidade brasileira no Japão, além de ter sido o único líder do continente americano presente na cerimônia de entronização do novo imperador Japonês, Naruhito.

1 comentário em “Em Tóquio, presidente se reúne com primeiro-ministro, Shinzo Abe, e com grupo de empresários de grandes corporações japonesas.”

Deixe uma resposta