Governo do Estado de SP, oficializou Pedro Roberto como presidente do Parlamento Regional Metropolitano

Governo do Estado de SP, oficializou Pedro Roberto como presidente do Parlamento Regional Metropolitano

O Governo do Estado, oficializou nesta terça-feira, 7 de dezembro, o presidente da Câmara, Pedro Roberto Gomes (Patriota) para presidir o Parlamento Regional Metropolitano de São José do Rio Preto.

Governador João Dória oficializando a Região Metropolitana, na presença do prefeito Edinho Araújo e demais autoridades

Pedro foi eleito presidente do Parlamento Regional Metropolitano de São José do Rio Preto em abril deste ano, e desde então, foram realizadas seis reuniões ordinárias com parlamentares dos 37 municípios que integram a Região Metropolitana de Rio Preto.

As 37 cidades que compõem a Região Metropolitana de São José do Rio Preto são Adolfo, Bady Bassitt, Bálsamo, Cedral, Guapiaçu, Ibirá, Icém, Ipiguá, Irapuã, Jaci, José Bonifácio, Macaubal, Mendonça, Mirassol, Mirassolândia, Monte Aprazível, Neves Paulista, Nipoã, Nova Aliança, Nova Granada, Olímpia, Onda Verde, Orindiúva, Palestina, Paulo de Faria, Planalto, Poloni, Potirendaba, Sales, São José do Rio Preto, Severínia, Tanabi, Ubarana, Uchoa, União Paulista, Urupês e Zacarias.

A região de Rio Preto se destaca pelo pioneirismo na implantação do parlamento, que motivou a replicação em outras cidades do Estado.

Integram a Mesa Diretora do Parlamento Regional, os presidentes das Câmaras de Ibirá, Mirassol e Tanabi, sendo na 1ª vice-presidência, a vereadora Sonia Beolchi (Cidadania), 2ª vice-presidência, o vereador Caco Navarete (PSD), e na 3ª vice-presidência, Xandão Bertolini (PSB).



Os trabalhos da Mesa Diretora são secretariados pelos vereadores, Renato Pupo (PSDB), como 1º secretário, pela vereadora, Regina Aparecida da Silva Costa (DEM), como 2ª secretária, e o 3º secretário, Leonardo Corte Euzébio (Solidariedade), vereadores de Rio Preto, Mirassolândia e Bálsamo respectivamente, sendo os dois últimos presidentes do Legislativo de suas cidades.

Com a instituição de novas Unidades Regionais, os presidentes dos Parlamentos Regionais terão participação efetiva nos Conselhos de Desenvolvimento a serem criados dentro do Projeto de Desenvolvimento Regional do Estado.

Compartilhe