Manifestações contra a corrupção são realizadas por todo o Brasil

Manifestações contra a corrupção são realizadas por todo o Brasil
Networking Social

Atos pró-governo são realizados em diversas cidades do país e contra a corrupção que impede o país de acelerar

Av. Paulista São Paulo SP

O presidente Jair Bolsonaro acompanhou, da área externa do Palácio do Planalto, em Brasília, a manifestação de apoiadores de seu governo, que está sendo realizada neste domingo (15/03/20) na capital federal e em outras cidades do país. 

Mesmo após decreto do Governo do Distrito Federal (GDF) proibir eventos que reunissem público superior a 100 pessoas, em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), um milhares de pessoas foram às ruas de Brasília. 

Em Belo Horizonte Minas Gerais a população foi também para as ruas

Vestindo roupas e portando bandeiras verdes e amarelas, além de cartazes contendo frases contra o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal (STF), os manifestantes marcharam pela Esplanada dos Ministérios até o gramado em frente ao Congresso Nacional. Eles foram seguidos por uma carreata. A Polícia Militar do DF não estimou o número de participantes. 

A comitiva de carros do presidente Jair Bolsonaro saiu do Palácio da Alvorada, residência oficial, por volta das 12h20 e percorreu o centro da capital. No Eixo Monumental, uma das principais vias da cidade, a comitiva chegou a ser acompanhada pelos carros que participavam da carreata. 

Em Curitiba PR o povo também mostrou apoio ao presidente Bolsonaro

Em seguida, o presidente foi até o Palácio do Planalto. Do alto da rampa, seguiu acompanhando a manifestação, com as pessoas se aglomerando em frente ao prédio. O momento foi transmitido ao vivo, em sua página no facebook. Em seguida, ele desceu para ficar mais próximo do público. Separado por grades, a pouco mais de um metro de distância, o presidente conversou, cumprimentou e tirou fotos com os simpatizantes por pouco mais de uma hora.    

Presidente em seu trajeto até o Palácio parou para cumprimentar os manifestantes.

Por todas as cidades do Brasil, as manifestações foram expressivas, mesmo com toda a pressão, feitas por órgãos e instituições, que temiam a força da população, e usaram o medo ferramenta para conter e parar as manifestações, O que não foi o suficiente, para inibir uma sociedade, que está acordada para as mentiras da corrupção.

Se existe o perigo do Coronavírus, a corrupção e está matando mais, e há muito tempo.

Bolsonaro disse:

“Não tem preço o que esse povo está fazendo, apesar de eu ter sugerido, não posso mandar, a manifestação não é minha, o adiamento, por causa desse vírus”, disse o presidente durante a transmissão. Ele também defendeu a manifestação, que classificou como “espontânea”. “Nós políticos temos como mudar o destino do Brasil. Não é um movimento contra nada, é um movimento a favor do Brasil”.

E povo ciente da necessidade.
Por outro lado, as pessoas acham legítimo a declaração do Presidente Bolsonaro, mas um povo, que teve seu presidente que sofreu um atentado de morte, com uma facada sem dó nem piedade, não poderia temer um possível Coronavírus, e se acovardar de um corrupção que está matando milhões de brasileiros, e os políticos que aí estão, continuam fomentando este processo corruptivo. E para enfrentar este vírus da corrupção, todos foram a rua protestar.

Se existe o perigo do Coronavírus, a corrupção e está matando mais, e há muito tempo.

Deixe uma resposta