O isolamento leva alguns setores para as alturas, e com mais estrutura de conforto.

Networking Social

Enquanto a crise do coronavírus aperta os cintos de diversas companhias, outras sofrem menos – principalmente as que surfam na onda do mercado de luxo.

É o caso de alguns empreendimentos da JHSF, especializada em investimentos voltados a consumidores de alto poder aquisitivo. Mesmo com a pandemia, o Aeroporto Catarina, a rede de restaurantes e hotéis Fasano e a Fazenda Boa Vista mantiveram boas perspectivas – e mereceram investimentos do grupo.

Inaugurado no fim do ano passado para ser o primeiro terminal privado para voos executivos, o Aeroporto Catarina, em São Roque (SP), viu sua demanda crescer – em parte pela pandemia. A estimativa da empresa era ocupar a capacidade dos hangares construídos até dezembro de 2020, mas a meta foi alcançada já em abril.

Com a crise do coronavírus e restrições em aeroportos, há a tendência de migração do público de renda elevadíssima para o segmento de aviação executiva.

A exemplo das grandes capitais do mundo, a Região metropolitana de São Paulo conta com o primeiro aeroporto executivo internacional.

Projetado especificamente para a Aviação Executiva, visa atender a maior parte das aeronaves executivas existentes em voos internacionais de longo curso

Controle de Tráfego Aéreo próprio e operação por instrumentos

Georgina Business Park – São José do Rio Preto – 17-98179-7359

Terminal dedicado à Aviação Executiva, dotado de completa infraestrutura de apoio aos passageiros e tripulantes, com equipamentos para inspeção de bagagens, pessoas e documentos, tornando os trâmites de embarque e desembarque muito rápidos e seguros

Pista longa com 2.470 m

Capacidade para receber jatos executivos de grande porte, como os modelos Global 7500 e 8000 da Bombardier, Falcon 6X e 8X da Dassault Falcon Jet, Legacy 650 e Lineage da Embraer e G650 da Gulfstream. Possibilitando voos intercontinentais non-stop para cidades como Nova York, Londres ou Paris

14 minutos de helicóptero de São Paulo

35 minutos de automóvel dos principais Distritos de Negócios de São Paulo

Atendimento diferenciado e exclusivo, tornando única a experiência de voar a partir/para o Aeroporto Executivo Catarina

Concebido para ser referência no setor

Infraestrutura aeroportuária de concepção moderna

Área de aproximadamente 2.000.000 m2, com cerca de 50 mil m2 de hangares e 50 mil m2 de pátios

Centros de Serviço de Manutenção (MRO) , Hangares para atendimento e estadia (FBO) e Pernoite

Heliponto para conectar os usuários aos diversos destinos de negócios da capital paulista

Operação 24 horas, sem imposição/ restrição de horários de operação (slots)

Deixe uma resposta