O nível de emprego melhora, mais trabalhadores são contratados com carteira assinada

O nível de emprego melhora, mais trabalhadores são contratados com carteira assinada
Networking Social

Taxa de desemprego cai no país e fecha 2019 em 11,9%
Índice é inferior ao de 2018, que encerrou o ano em 12,3%

A taxa média de desemprego no país caiu para 11,9% em 2019. A taxa é inferior à registrada em 2018, que havia fechado o ano em 12,3%.

Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – Contínua (Pnad-C), divulgada hoje (31/01/20) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No quarto trimestre do ano, a taxa de desemprego ficou em 11%. No terceiro trimestre do ano, o índice havia sido de 11,8%.

A média anual de desocupados completou 2019 com menos 215 mil pessoas em relação ao ano anterior. Com o recuo de 1,7%, ficou em 12,6 milhões. No último trimestre de 2019, a queda na comparação com os três meses anteriores ficou em 7,1%, ou menos 883 mil pessoas. Com relação a igual período de 2018, o recuo é de 4,3%, o que significa menos 520 mil pessoas.

Ainda de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – Contínua (Pnad-C), a população ocupada, na média anual, alcançou 93,4 milhões, sendo 2% acima da registrada em 2018. Na comparação do último trimestre de 2019, com o período anterior, a alta é de 0,8%, o que representa mais 751 mil pessoas. Em relação ao mesmo trimestre em 2018, a elevação ficou em 2%, ou seja, mais 1,8 milhão de pessoas.

Os trabalhadores por conta própria cresceram 4,1% na média de 2019, atingindo 24,2 milhões, comparados a 2018. No último trimestre o índice ficou estável em relação ao período anterior e cresceu 3,3%, mais 782 mil pessoas.

O número de empregados sem carteira assinada subiu 4% na média anual, o que significa mais 446 mil pessoas em 2019 na comparação com 2018. No último trimestre ficou estável se comparado ao mesmo período anterior e cresceu 3,2%, se comparado aos três últimos meses de 2018, representando mais 367 mil pessoas.

Na categoria de empregados com carteira de trabalho assinada a alta ficou em 1,1% na média anual, alcançando 33,2 milhões de trabalhadores, ou um crescimento de 356 mil pessoas. Nos últimos três meses do ano subiu 1,8% ( mais 593 mil pessoas), frente ao trimestre anterior e 2,2%, mais 726 mil pessoas, em relação ao mesmo trimestre de 2018.

2 comentários em “O nível de emprego melhora, mais trabalhadores são contratados com carteira assinada”

  1. Hello, i think that i saw you visited my web site thus i came to “return the favor”.I am attempting to find things to enhance my site!I suppose its ok to use a few of your ideas!!

  2. First offFirst of all I want toI would like to say greatawesometerrificsuperbwonderfulfantasticexcellent blog! I had a quick question thatin whichwhich I’d like to ask if you don’tif you do not mind. I was curiousinterested to knowto find out how you center yourself and clear your mindyour thoughtsyour head beforeprior to writing. I haveI’ve had a hard timea tough timea difficult timetroubledifficulty clearing my mindthoughts in getting my thoughtsideas outout there. I doI truly do enjoytake pleasure in writing but ithowever it just seems like the first 10 to 15 minutes areare generallyare usuallytend to be wastedlost justsimply just trying to figure out how to begin. Any suggestionsideasrecommendations or tipshints? ThanksKudosAppreciate itCheersThank youMany thanks!

Deixe uma resposta