Os pseudos protetores da natureza, não gostam das verdades de Guedes

Quem desmata é o pobre.
Networking Social

Quem desmata é o pobre, que faz uma agricultura de subsistência, diferente do agronegócio, que utiliza alta tecnologia, buscando eficiência e produtividade, e não se pode confundir os dois tipos de atividades, pois são completamente diferentes.

Depois da pobreza, o dólar: Guedes segue fazendo barulho em Davos

Ministro vai participar de painel com Gita Gopinath, economista-chefe do FMI, sobre dominância da moeda americana, e volta ao Brasil nesta sexta

Paulo Guedes, em Davos: Guedes retornará ao Brasil amanhã (24/01/20) e assume os compromissos em Brasília na segunda-feira 

Paulo Guedes segue com uma agenda cheia no encontro do Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, nesta quinta-feira. O ministro da Economia estará em duas mesas redondas informais, uma com o tema “Governança Tecnológica na Encruzilhada” e a outra com o tema “Encontrando Resiliência em uma Economia Global com Regras”.

Guedes também terá reunião com o presidente do Grupo Naturgy, Francisco Reynés, e um almoço promovido pelos veículos Washington Post e Foreign Policy. Às 16h do horário local, quatro horas à frente do horário do de Brasília, participa do painel “Desafiando o Domínio do Dólar”, com transmissão online.

Este deve ser o último compromisso de Guedes em Davos. Ontem (22/01/20), o Ministério da Economia confirmou que Guedes não acompanhará a comitiva do presidente Jair Bolsonaro, que viaja nesta quinta para a Índia. Até agora, havia a possibilidade de o ministro emendar as duas viagens. Guedes retornará ao Brasil amanhã (24) e assume os compromissos em Brasília na segunda-feira (27/01/20).

A pauta será o desejo dos países de reduzir a dependência da moeda americana e imaginar uma nova “arquitetura financeira para um mundo multipolar”.

Deixe uma resposta