Restabelecimento do suprimento de energia elétrica à Macapá é prioridade

Restabelecimento do suprimento de energia elétrica à Macapá é prioridade
Networking Social

A Casa Civil realizou uma reunião emergencial do Governo Federal com integrantes de diversos ministérios para adoção de medidas proativas para mitigar as consequências do “apagão” ocorrido no Amapá

A reunião contou com a participação de representantes de diversos ministérios

Nesta quinta-feira (05/11/20), a Casa Civil realizou uma reunião emergencial do Governo Federal com integrantes de diversos ministérios para adoção de medidas proativas para mitigar as consequências do “apagão” ocorrido no Amapá (AP) . O Ministério de Minas e Energia constituiu um gabinete de crise com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) para restabelecer o fornecimento de energia o mais rápido possível.

Entenda

Na terça-feira (03/11/20), por volta das 20h47, houve uma interrupção de cerca de 250 MW de carga elétrica, afetando severamente o suprimento de energia em Macapá. O ONS, responsável pela operação do sistema de transmissão brasileiro, o Sistema Interligado Nacional (SIN), informou que o corte abrupto de carga ocorreu em virtude de um incêndio no transformador 1 da Subestação de Macapá, de propriedade da agente titular da concessão de transmissão (LMTE), sendo registrado perda total na unidade. Com isso, houve um desligamento automático das linhas de transmissão Laranjal/Macapá, assim como das usinas hidrelétricas Coaracy Nunes e Ferreira Gomes, que abastecem a localidade.

Para o restabelecimento das condições normais de fornecimento de eletricidade na região, foi iniciada no dia 4, às 6h09, a recomposição parcial das cargas da usina hidrelétrica Coaracy Nunes, sob coordenação do ONS, que está acompanhando de perto a situação.

O Ministério de Minas e Energia, , expediu Portaria instituindo Gabinete de Gestão de Crise, com coordenação da Pasta, e participação do ONS, da Aneel, da Eletrobras e da LMTE (agente titular da concessão de transmissão), para a atuação integrada de todos visando a buscar o rápido reestabelecimento de condições normais de fornecimento de energia ao estado.

A Portaria, destaca, ainda, a importância de que sejam apurados os fatos e responsabilidades, tempestivamente, com vistas, a prestar contas à sociedade, bem como para contribuir na identificação de medidas preventivas que devam ser adotadas para evitar incidente semelhante.

Para a assegurar que as ações necessárias estão sendo adotadas de forma diligente e rápida, o Ministro Bento Albuquerque, e os membros do gabinete de crise estão em Macapá para avaliar a situação do abastecimento energético do estado e buscar as linhas de ação para o restabelecimento da alimentação elétrica.

No dia 04/11/20, o grupo participou de uma reunião composta por representantes de instituições estaduais do setor. Além disso, foi realizada uma visita à empresa onde ocorreu o incêndio na Subestação para dialogar com os técnicos do local. Em seguida, Bento Albuquerque realizou um sobrevoo na região para avaliar a situação.

Deixe uma resposta